8 comentários:
De Júlia a 14 de Janeiro de 2009 às 16:30
E a pintura, qual foi a técnica empregue?

Estão fantásticos!!
Gostei mm muito.


: )


De jramos a 14 de Janeiro de 2009 às 18:19
Foi pintado com a patine feita à base de tinta acrílica e depois limpo com pano. Apenas!

Obrigado pelo comentário.


De Paulo Duarte a 20 de Janeiro de 2009 às 22:00
..já estava preocupado consigo ...mas vejo que a ausência foi produtiva...fantasticos os guerreiros.
Abraço


De Sara V. a 6 de Fevereiro de 2009 às 10:29
Querido amigo, já reparei que regressou... Senti-lhe a ausência! Adorei os seus guerreiros, o seu batalhão... Faço ideia o quanto tempo lhe levou o batalhão!!!! Está mesmo explicada a ausência, foi por uma boa causa, está-se mesmo a ver!
Não costumo entrar em correntes ou dar prémios, mas desta vez apeteceu-me oferecer uma gracinha. Está lá no Tintas....para si...
Um abraço


De jramos a 9 de Fevereiro de 2009 às 12:08
Cara Amiga,
Foi mesmo dificil conseguir conciliar as minhas actualizações e a manutenção da ordem no meu batalhão! Mas agora estou de volta. Vou passar no Tintas já de seguida, mas antes deixe-me agradecer a lembrança!!!

1 Abraço, JR


De Rogério dos Santos a 16 de Outubro de 2009 às 19:26
Oi Ramos! Gostei muito de seu trabalho! Me chamou a atenção o seu Napoleão, você já terminou ele para postar as fotos no blog? Concordo em número, gênero e grau, quanto a necessidade de valorização do patrimônio cultural de Lisboa, e de todo Portugal, afinal este Pais maravilhoso é o berço de minha Nação, sou Brasileiro. Trabalho com reprodução de obras de arte, em terracota, resinas, fibra de vidro, vidro, bronze, alumínio, latão, etc; tudo pelo sistema de cera perdida e de petit-bronze. Me manda um e-mail e eu te mando as fotos de alguns trabalhos executados. Seria fantástico se você fizesse pelo menos um guerreiro em bronze. Vamos ficar em contato, e Parabéns!


De Rogério dos Santos a 16 de Outubro de 2009 às 19:31
É o rRogério, aqui do Brasil novamente, meu e-mail é : lapidarium@hotmail.com, me mandem e-mails e eu lhes envio materiais sobre fundição de obras de arte, técnicas, processos, etc. Será uma honra! Um Fraternal Abraço a Todos!


De Sara V. a 1 de Março de 2010 às 01:44
Já entendi a ausência! Bem... Feliz ausência, amigo JRamos! Este batalhão está divino, grandioso, nem tenho mais palavras. Adorei o resultado final e achei muito curioso ver como foi construído, o processo de estudo. Obrigada, por nos mostrar. Adoro escultura, especialmente figurativa... Ainda não me atrevi a meter a mão no barro, a esculpir pedra... porque acho que só me entendo com o pincel, mas talvez um dia me aventure. Tenho esse desejo secreto nem que seja só para ter a certeza da minha falta de jeito, ah ah. Adorei o batalhão MESMO e imagino o suor que nele está depositado (além do talento, obviamente).
Abraço, Sara

P.S. - Eu avisei que ia começar a ronda das visitas...


Comentar post